Arquivo de tag prince2 no brasil

porATHEM

PRINCE2 Tema Organização

Tema Organização no projeto prince2 tem o propósito ajudar a definir e estabelecer uma estrutura de prestação de contas e responsabilidades! Em outras palavras, ele identifica o “Quem”! Ele detalha os papéis e responsabilidades na equipe de gerenciamento.

Em primeiro lugar

O PRINCE2 afirma que uma equipe de projeto, para um projeto ser bem-sucedido, deve ter: 

  • Representantes do Negócio, do Usuário e do Fornecedor;
  • Responsabilidades definidas para: Direção, Gerência e Entrega do Projeto;
  • Revisões periódicas do projeto para verificar se tudo está nos trilhos;
  • Então, estratégia eficaz para gerir os fluxos de comunicação entre as partes interessadas.

Assim, o PRINCE2 tema organização apoia o PRINCE2 princípio Papéis e Responsabilidades. Esse princípio define que um projeto terá no mínimo 3 interesses:

Os interesses do Projeto
  • Negócios: o projeto deve apoiar a estratégia de negócios, assim o ponto de vista de negócios deve ser representado no projeto para garantir que os benefícios sejam alcançados e alinhados à estratégia organizacional. No entanto, o Executivo presta-contas em relação a isso;
  • Usuário: o PRINCE2 deixa claro os interesses. Quem usa o produto final presta contas sobre a materialização dos benefícios. Assim, o usuário especifica os benefícios e também as características do produto. Logo, o ponto de vista do usuário deve ser representado no projeto, de forma que os usuários principais representarão tais interesses no Comitê Diretor do Projeto.
  • Fornecedor: O fornecedor representa aqueles que irão criar as entrega. Ele fornece as habilidades e competências necessárias para criação do(s) produto(s) do projeto. Assim, o Fornecedor principal representará tais interesses no Comitê Diretor do Projeto
Além disso

Ainda mais, os processos ajudam na implantação do tema organização do prince2!

Os processos definem o momento de aplicação e verificação do tema.

O Health Check já vem disponível no livro PRINCE2. É ele que ajuda na verificação do uso do tema.

Você usa o check-list em momentos mais apropriados do projeto.

Então, ele resultará em um diagnóstico.

Logo, você pode aplicar melhorias.

Outras referências

Você que continuar a leitura? Logo, você vai em PRINCE2 detalhes do tema

Bem como, leia outros temas do prince2 - PRINCE2 Temas

Igualmente, você queira conhecer o tema: Business Case -

AXELOS!!!

Por fim, AXELOS.Ltd é a proprietária do PRINCE2. Ela é que o mantém. A propriedade é desde 2013!

porATHEM

PRINCE2 Princípios

PRINCE2 Princípios de Gerenciamento de Projetos

Pense em PRINCE2 Princípios como orientadores que devem existir durante todo projeto.

Afinal, esse Princípios são orientações para ampliar o sucesso da iniciativa.

Como usar?

Você usa os princípios através dos processos de gerenciamento e dos temas de gerenciamento.

Como usar: Em outras palavras, os temas facilitam o como usar.

Quando usar: Enquanto os processos facilitam o quando usar.

Mix: Assim, deve você usa os princípios constantemente.

 

Uso correto dos PRINCÍPIOS PRINCE2

Você pode verificar o uso correto dos Princípios do PRINCE2.

Primordialmente, você verifica o uso correto através do Health Check;

O Health Check já vem disponível no livro PRINCE2.

 

PRINCE2 Health Check

PRINCE2 Health Check

PRINCE2 Health Check

O Health check é um check-list para verificar o uso correto do PRINCE2; e também, dos princípios!

O check-list é usado em momentos mais apropriados do projeto.

Então, ele resultará em um diagnóstico.

Logo, você pode aplicar melhorias.

Frequentemente, então, você reavalia os resultados.

 

Questionamentos

Preciso de todos esses Princípios PRINCE2?

  • Você pode ter mais princípios, se você necessitar;
  • Esses Princípios, ao menos, para melhorar o desempenho de seu projeto.

Preciso de todos esses Processos e Temas?

  • Cada tema ajuda em algum aspecto do projeto;
  • Cada processo ajuda no momento correto de uso;
  • Então, junte os 2 e terá uma combinação muito boa para o sucesso do projeto PRINCE2!
  • Enfim, se quer melhorar o desempenho em projetos. 

 

Resumindo

Por último, você deve compreender tanto os temas quanto os processos de gerenciamento.

Ou seja, eles são baseados em lições aprendidas em diversos projetos de sucesso e de fracasso conduzidos;

Em outras palavras, não teórica e sim prática!

 

Outras fontes de informação

Portanto, você deve saber mais sobre em PRINCÍPIOS PRINCE2.

Assim como, sobre os processos e temas.

Por fim, busque mais informação sobre.

 

AXELOS!!!

Assim, AXELOS.Ltd é a proprietária do PRINCE2 e o mantém. Isso acontece desde 2013!

 

Referências Adicionais

Gerenciar por Estágios

Princípios de Programas MSP

O PRINCE2

Princípios do MSP

Categoria | Gerenciamento de Portfólios

Categoria | PRINCÍPIOS

 

PRINCE2 Princípios de Gerenciamento de Projetos

porATHEM

PRINCE2 Introdução à metodologia

Home/PRINCE2 Introdução à metodologia

Introdução ao PRINCE2 foi na década de 70.  Uma maneira de administrar os projetos de Tecnologia do Governo Britânico era a necessidade original. Além de outras necessidades levaram o PRINCE (PROMPT IN the CCTA Environment) até o PRINCE2 (PRojects IN Controlled Environment), ou seja, Projeto em Ambiente Controlado.

O CCTA

Tais necessidades do CCTA (Central Computing and Telecommunications Agency) evoluíram da necessidade de uma abordagem que de fato auxiliassem na condução de projetos, para necessidade mais amplas para o Governo Britânico todo.

Ou seja, uma metodologia características que possibilitasse o êxito, tais como: ampliar a probabilidade de sucesso dos projetos, possibilidades de ampliar o uso no governo como um todo e diversos tipos de projetos.

PRINCE2 Introdução à metodologia ao mercado evoluiu!

PRINCE2 Evolução

Assim, evoluindo desde a década de 70 até se tornar de fato uma Metodologia de Gerenciamento de Projetos utilizada na maioria dos países e com mais certificados emitidos para profissionais de gerenciamento de projetos, olhando-se o mundo como um todo.Projetos com PRINCE2

A metodologia foca na parte de Gerenciamento do Projeto e não na parte técnica especializada.

Por isso, ferramentas, técnicas e abordagens específicas de uma determinada indústria como Tecnologia de Informação, Engenharia Civil, Engenharia Elétrica, Saúde, etc, não são destacadas pela Metodologia PRINCE2.

PRINCE2 Atual

 fato ou fake news ?Saiba que, o PRINCE2 pertence a AXELOS Ltd e possui um esquema de certificação profissional gerenciado pela Peoplecert.org; todavia, os treinamentos oficiais são ofertados pelas organizações ATO`s (Accredited Training Organization) que podem de fato entregar os treinamentos com qualidade e também aplicar exames de certificação.

As organizações de treinamento ATO passam por um rigoroso processo de credenciamento e são auditadas anualmente. Assim, é recomendado que somente procurem capacitação em abordagem britânica como o PRINCE2 através de empresa credenciadas (ATO).

Por isso, consulte o site da Peoplecert.org ou da Axelos.com para identificar as organizações de treinamento credenciadas para isso.

Efetividade no Gerenciamento

A metodologia PRINCE2 foca em Gerenciamento de Projetos, conforme informado anteriormente, e não em atividades rotineiras.

Assim, através da metodologia PRINCE2 sua empresa poderá administrar melhor os projetos, verificar se está sendo utilizada a metodologia de maneira correta e o principal!

O foco no chamado Business Case, que irá auxiliar sua empresa em conduzir projetos que de fato tragam algum benefício organizacional de fato.

PRINCE2 metodologia de fato

Afinal, não basta conduzir o projeto corretamente. Portanto, é preciso conduzir o projeto correto, de maneira correta. Estes 2 componentes fundamentais você e sua empresa conseguirão com o PRINCE2.

Assim, a metodologia usada corretamente, sua empresa se beneficiará também de um documento, com uma abordagem correta de uso, chamado Plano de Revisão de Benefícios. 

Benefícios gerenciados

Portanto, esse plano, além de ajudar as pessoas a manterem o foco nos benefícios organizacionais que seu projeto almeja, também poderá proteger sua empresa contra projetos mal concebidos/pensados/idealizados; de maneira que somente projetos realmente interessantes sejam executados pela sua empresa.

Por isso, dentre outros motivos, PRINCE2 ganhou introdução no mercado público e também privado.

Então, confira!!!

COMPARTILHE!!!

 Temas - uma Breve Introducao  Temas- uma introdução sobre PRINCE2  Temas - A evolução da metodologia
 Temas - Os princípios para Sucesso do Projeto  Temas - Os temas de Gerenciamento de Projetos  - Os processos de Gerenciamento do PRINCE2
 Temas - Quais são os produtos de Gerenciamento?  Temas - Quais são os templates?  - O esquema de certificação
 - Como adequar o PRINCE2 para Sucesso do Projeto  TEMA BUSINESS CASE - O FUNCIONAMENTO DO TEMA BUSINESS CASE  TEMA ORGANIZAÇÃO - O FUNCIONAMENTO ATHEM

 

Assunto do Post é PRINCE2 Introdução à metodologia

porATHEM

PRINCE2® com Project Model CANVAS

PRINCE2® com Project Model CANVAS
Artigo de autoria do Prof. Farhad Abdollayan e publicado na Revista Mundo PM - Edição Setembro/2013.. Reprodução autorizada. 

PM Canvas pode se adaptar às outras metodologias com a PRINCE2™?

            Antes de responder a esta pergunta, cabe ressaltar alguns dos sete princípios da metodologia PRINCE2[i]   que apresentam compatibilidade natural com PM Canvas (O que é PM Canvas).

            O primeiro princípio de PRINCE2 (OGC, 2011, p.11)– Justificação de Negócio Contínua – requer que (a) haja uma razão justificável para iniciá-lo, (b) a justificação se mantenha válida durante toda a vida do projeto e (c) a justificação esteja documentada e aprovada. No PRINCE2, a justificação é documentada na forma de business case.  Este ponto é contemplado nos blocos Justificação e Benefícios.

            O segundo princípio – Aprender com a Experiência - está implícito na PM Canvas, dado que é uma forma colaborativa de desenvolver o projeto que incorpora tanto o conhecimento explicito quanto tácito dos participantes.

            O terceiro princípio - Papéis e Responsabilidade Definidos -  que parte da premissa que “projetos envolvem pessoas. Nenhuma quantidade de planejamento ou controle será suficiente se as pessoas erradas estiverem envolvidos, se as pessoas certas não estiverem envolvidas ou se as pessoas envolvidas não souberem o que se espera delas ou o que elas podem esperar dos outros” (OGC, 2011, p.12). Para isso o método contempla uma estrutura organizacional padrão na qual há três níveis (direção, gestão e entrega) e três áreas bem definidas: Patrocinadores de negócios que endossarão os objetivos e garantirão que o investimento de negócio proporcione uma boa relação custo/benefício. Usuários que, depois da conclusão do projeto, usarão seus produtos para obter os benefícios pretendidos  e   fornecedores que proporcionam os recursos e os conhecimentos especializados necessários para o projeto (podem ser internos ou externos). Este princípio é explicito nos blocos  Stakeholders e Equipe.

Outros Princípios

            O quarto princípio - Gerenciar por Estágios – que diz respeito a elaboração progressiva.  “Um projeto PRINCE2 é planejado, monitorado e controlado por estágios” (OGC, 2013, p. 13). Este princípio está presente nos blocos Grupo de Entregas e Linha de Tempo.

            O quinto princípio – Gerenciar por Exceção – estabelece que “um projeto PRINCE2 tem tolerâncias definidas para cada objetivo do projeto, para estabelecer os limites da autoridade delegada” (OGC, 2013, p.13).  Este princípio está associado aos blocos Risco e Restrições.

            O sexto princípio – Foco em Produtos – declara que “um projeto PRINCE2 concentra o foco na definição e entrega de produtos, particularmente no que diz respeito a requisitos de qualidade” (OGC, 2011, p.13). Este princípio está particularmente explicito nos blocos Produto, Requisitos e Grupo de Entregas.

            O sétimo princípio – Adequar ao Ambiente do Projeto – pode ser associado a toda a metodologia, dado que declara: “O PRINCE2 é adaptado para se adequar ao ambiente do projeto, seu porte, complexidade, importância, capacidade e risco” (OGC, 2011, p. 14).

PMCanvas

A metodologia PM Canvas pode ser usada na fase Starting-Up a Project que culmina com a aprovação do sumário de projeto pelo Comitê Diretor do Projeto.

Mapeamos o conteúdo dos 13 blocos de PM Canvas com conteúdo de produtos gerenciais (templates de planos, registros e relatórios) do PRINCE (Fig. 5). Além disso, identificamos um casamento perfeito entre PM Canvas e a técnica “Planejamento baseado em Produtos” do PRINCE (OGC, 2013, Anexo D, p. 293 a 298).

 

PMCANVAS_com_PRINCE2

 

Figura 5 - PM Canvas X PRINCE2

 


[i] Office of Goverment Commerce (2011). Gerenciando Projetos de Sucesso com PRINCE2™. TSO:Londres. 

Veja (PMBOK® com PMCanvas)  

Através dessa breve comparação você pode verificar como utilizar o PMCANVAS com PRINCE2. Uma organização não precisa criar uma metodologia de gerenciamento de projetos, basta adotar uma pronta (e de sucesso, como o PRINCE2).

Somente efetue seu treinamento em uma Organização Credenciada (ATO - Accredited Training Organization) como a ATHEM. Somente uma ATO poderá lhe auxiliar para uma melhor qualidade de treinamento e também para efetuar os exames oficiais.

 

(SAIBA MAIS SOBRE PRINCE2 AGILE)

(SAIBA MAIS SOBRE O LIVRO DE CERTIFICAÇÃO PRINCE2 FOUNDATION)

Compre-Agora

Livro preparatório para certificação PRINCE2 foundation: Compre agora seu livro Preparatorio para Certificação nível foundation

Exame: Compre agora seu EXAME PRINCE2 Foundation

eLearning + Exame: Compre agora seu curso eLearning PRINCE2 Foundation

Livro oficial do PRINCE2: Compre agora seu livro oficial PRINCE2

Exame Internacinal SCRUM: AGILE SCRUM Foundation ou AGILE SCRUM MASTER 

Saiba Mais sobre PRINCE2: PRINCE2 saiba mais ou PRINCE2 processos

 

 

 

 

PRINCE2® é Marca Registrada da AXELOS Limited.

Conheça mais sobre o PRINCE2
 

#PRINCE2

WhatsApp chat